Movimento Brasil Sem Aborto lança campanha nacional pela coleta de 5 milhões de assinaturas contra a descriminalização do aborto
2007-10-01 11:45:16

Lançamento será no dia 4 de outubro, na Câmara dos Deputados, em Brasília

O Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto lança, no próximo dia 04 de outubro, na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Campanha Nacional pela Coleta de 5 milhões de Assinaturas contra a Descriminalização do Aborto no país. A campanha será deflagrada durante o Seminário da Criança Antes de Nascer “A Vida do Nascituro”, organizado pelo deputado Talmir Rodrigues (PV/SP), e que contará com a participação de vários parlamentares que integram as Frentes Parlamentares Contra a Legislação do Aborto e Pela Vida, como os deputados Luiz Bassuma (PT/BA), autor do Projeto de Lei nº 478/2007 - que institui "O Estatuto do Nascituro" - e Solange Almeida (PMDB/RJ), relatora desse PL.
 
Várias entidades e organizações civis que trabalham contra a descriminalização do aborto no Brasil estarão representadas no evento, com início marcado para as 9 horas, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados. Essas entidades, assim como o Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto, lutam pela manutenção da legislação atual, que criminaliza o aborto. A mudança da lei está em debate na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), da Câmara dos Deputados, onde tramita o Projeto de Lei nº 1135/91, que pretende legalizar o aborto no país. O PL tem como relator o deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM/DF), que também preside da CSSF da Câmara. O projeto já passou por duas audiências públicas, a primeira no dia 27 de junho e a segunda, 29 de agosto passado. 
 
No dia 11 de setembro, o deputado Mudalen se reuniu com representantes de entidades nacionais e locais que defendem a vida desde a concepção e se comprometeu a apresentar seu parecer sobre o PL 1135/91 na primeira quinzena de dezembro. Além do Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto, participaram do encontro com o relator do PL representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Associação Nacional Pró-Vida Família, do Conselho de Pastores do Distrito Federal, e deputados coordenadores das Frentes Parlamentares em Defesa da Vida da Câmara dos Deputados e da Assembléia Legislativa do Ceará. 
 
Abaixo-assinado – A partir da próxima quinta-feira (dia 4), o site do Movimento (www.brasilsemaborto.com.br) trará um modelo do abaixo-assinado que poderá ser acessado por qualquer pessoa ou entidade interessada em coletar as assinaturas em sua comunidade ou região. O material recolhido deverá ser enviado para o comitê estadual mais próximo (os endereços podem ser encontrados no site), ou para a coordenação nacional, em Brasília: SEPS 714/914 Bl, sala 212 Edifício Porto Alegre. Telefone (61) 3345-0221.
O Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto quer sensibilizar outras entidades representativas da sociedade civil e lideranças religiosas a trabalhar pela coleta das assinaturas em todo o Brasil.
 
Mobilização pela vida  cresce - O Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto (www.brasilsemaborto.com.br) foi criado em julho 2006 com o objetivo de defender a vida. Reúne juristas, cientistas, professores e cidadãos que representam a sociedade civil, em um movimento de natureza suprapartidária, supra-religioso, plural e democrático, focado na luta por uma agenda positiva, que discuta as questões fundamentais do direito à vida plena desde a fecundação.
 
Para difundir suas idéias e propostas para um universo cada vez maior, o Movimento Nacional em Defesa da Vida - Brasil Sem Aborto já conta com vários comitês estaduais. A partir do dia 14 de outubro serão 16 comitês, com implantação do Comitê Estadual do Maranhão, em São Luís. No lançamento, será realizado um seminário com o tema Defesa da Vida, e uma palestra do coordenador nacional do Movimento, Jaime Ferreira Lopes. No mesmo dia, será feita a escolha dos coordenadores locais do comitê.
 
Outras informações no site www.brasilsemaborto.com.br
 
Mais informações para a imprensa:
Di Fatto Central de Comunicação
Cinthia Oliveira – atendimento4@difattocom.com.br
(11) 5052-3004
 

        





 Publicado em: 2007-10-01 por admin, última modificação em: 2010-12-22 por admin