A Gênese resurge Original, Autêntica e Restaurada.
2018-05-28 18:54:25

 “A Gênese” ressurge na tradução primorosa do professor Carlos de Brito Imbassahy, lançada pela Fundação Espírita André Luiz em 26 de maio de 2018, na comemoração dos 150 anos de sua primeira publicação na França, que o estudo de seu conteúdo realize as palavras de Allan Kardec trazendo a unidade a todos os dissidentes no caminho progressivo da regeneração.

As Gotas de tinta e as pinceladas em uma tela no momento que seu criador desaparece do mundo físico determinam o destino final daquela obra, cuja imagem deve permanecer exatamente igual como registro fiel da intenção declarada do artista. Podemos fazer cópias ou criar novas obras inspiradas naquela original, respeitando seu conteúdo como parte de uma história de planejamentos e evoluções. Uma construção intelectual totalmente pessoal, que pertence apenas ao autor.

Allan Kardec desencarnou em março de 1869 e nos legou o conteúdo da obra “A Gênese, Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo” conforme quatro edições que realizou entre janeiro de 1868 e fevereiro de 1869. Nos anos que seguiram ao falecimento do autor, a obra teve parte do seu conteúdo removido, alterado e ampliado com passagens presentes em outros trabalhos e outros trechos de autoria suspeita.

Diferentes traduções foram realizadas e produziram livros com características opostas entre si em muitos parágrafos, concretizando divisões, teorias e dúvidas quanto ao conteúdo definitivo da obra. Com a soma dos resultados de trabalhos de muitos pesquisadores sérios e dedicados, havia chegado o momento de finalizar a polêmica sobre as versões tendo como direção os direitos morais do autor e rigorosa lógica baseada em fatos.

Exatamente conforme o texto que o autor nos deixou no momento de sua morte, cada linha e palavra do conteúdo original de “A Gênese” ressurge na tradução primorosa do professor Carlos de Brito Imbassahy, lançada pela Fundação Espírita André Luiz em 26 de maio de 2018, na comemoração dos 150 anos de sua primeira publicação na França, que o estudo de seu conteúdo realize as palavras de Allan Kardec trazendo a unidade a todos os dissidentes no caminho progressivo da regeneração.





 Publicado em: 2018-05-28 por admin, última modificação em: 2018-05-29 por admin